Um panorama geral de Santos: das festas e baladas à natureza selvagem

20

abr
2018

Um panorama geral de Santos: das festas e baladas à natureza selvagem

Posted By : Redação/ 1826 0

Santos é uma cidade encantadora, onde o turista encontra diferentes opções de lazer para passar alguns dias.

Porém, Santos talvez não tenha tanta badalação sazonal como Ilhabela, São Sebastião e Campos do Jordão, para citar alguns exemplos. No verão, a preferência é pelas praias paradisíacas e ambiente agitado do Litoral Norte; no inverno, as serras e suas casinhas aconchegantes pedem passagem. Em compensação, Santos consegue equilibrar o turismo, atraindo gente em todas as épocas do ano.

Do centro à orla, os visitantes podem se divertir em museus, passeios de bicicleta, passeios de bonde, caminhar no jardim, o maior do mundo, além de aproveitar para conhecer os diversos barzinhos da cidade.

Pensando em vistar a cidade? Confira agora um panorama geral de Santos!

Praia para todos

Como estamos falando de litoral, estamos falando de praia, obrigatoriamente. Sem dúvidas, é uma das atrações que a cidade apresenta. A faixa de areia longa e plana não é a mais cênica do estado de São Paulo, de fato, mas facilita e muito a prática de esportes, além de ser ótima para estender a toalha e absorver vitamina D. Uma corrida à beira-mar, por exemplo, é um convite para sossegar a cabeça e cuidar do corpo.

O mar, geralmente calmo como uma piscina, também é atrativo o suficiente, apesar da cor não ser esmeralda. Pranchas de SUP, canoas, óculos de natação, todos eles são muito bem-vindos. No inverno, o mar mais agitado é muito procurado por surfistas da região, principalmente para os lados do canal um (quebra-mar).

Enquanto isso, os quiosques, do canal um ao seis, oferecem lanches leves, pesados, extremamente pesados, tudo depende do tamanho de sua fome. Na Avenida da Praia, ali mesmo, é possível encontrar inúmeros restaurantes, sorveterias e bares.

Já próximo à divisa com São Vicente, damos de cara com o Emissário Submarino, com atrações variadas, excelente opção para a família. Ali pertinho, podemos fazer bom uso do Waze e subir o Morro da Asa Delta, que nos dá uma visão geral de praticamente todo o litoral da cidade. Se criar coragem, quem sabe não é dia praticar o esporte que dá nome ao pico?

Centro e opções culturais

Saindo da praia, em direção ao centro de Santos, o passeio começa a ficar mais caricato, com ares de décadas anteriores. Se estiver inspirado, com a câmera na mão, ali é o local para abusar dos registros. O Museu do Café, a Rua XV de Novembro  e a Estação do Valongo são boas opções, nem que seja só  para bater a foto. Uma subida no Monte Serrat, de bondinho ou pelas escadas, rende outra panorâmica sensacional.

O Gonzaga, que seria o atual “centro econômico” de Santos, é o local para fazer umas compras, enquanto o bairro da Vila Belmiro abriga o estádio de nome homônimo, palco de um dos maiores times de futebol do planeta.

Orquidário, Aquário e Museu de Pesca são ótimas opções familiares, para levar a garotada, assim como a Fonte do Sapo, entre os canais cinco e seis (todos os caminhos levam à praia).

Noite santista

Chegou a Santos com uma turma e não sabe muito bem o que fazer. O Moby Dick, casa noturna clássica no litoral, abre quase todos os dias, com destaque para as festas de quinta a domingo. No centro, A Higher e a Pink Elephant são outras duas saídas, enquanto a Capital Disco abre para festas esporádicas.

Naquele período pré-carnavalesco, que tanto adoramos, as escolas de samba da cidade costumam promover ótimas festas. Enquanto ele não chega, os bares espalhados por toda a cidade de Santos oferecem entretenimento o suficiente para os que chegam de outros lugares de São Paulo e do Brasil, a lazer ou a negócios.

Leave your comment

Please enter comment.
Please enter your name.
Please enter your email address.
Please enter a valid email address.